Logo

Logo

*Espaço Psicopedagogico*

*Espaço Psicopedagogico*
Aprender a aprender!!!

O que é Psicopedagogia

O Psicopedagogo é o profissional que trabalha visando o processo de aprendizagem e suas possíveis dificuldades. Trabalha na prevenção e na intervenção das dificuldades de aprendizagem.

Pode trabalhar no ambito escolar ou em clinica.

O trabalho é feito individualmente. As sessões são geralmente semanais com aproximadamente 50 minutos de duração.

Nos contate 98040-7473 - 3805-6796

Quando procurar um psicopedagogo

Sempre que um indivíduo apresentar dificuldades de aprendizagem em qualquer faixa etária deve procurar o auxílio de um psicopedagogo.

Existe um mito de que só crianças vêm ao psicopedagogo, mas isso é um mito infundado o psicopedagogo pode ajudar o individuo que apresenta dificuldades de aprendizagem em qualquer fase da sua vida.

Vários podem ser os motivos das dificuldades de aprendizagem, podem ser orgânicos, cognitivos ou até mesmo emocionais.

Após o diagnostico que demora algumas sessões, o profissional fará um plano de tratamento para que possa fazer a intervenção da forma mais apropriada.

Geralmente os pais chegam ao psicopedagogo por recomendação da escola e dos professores. Porém caso você perceba algo de diferente na aprendizagem de seu filho procure ajuda especializada.

O tratamento psicopedagogico oferece à criança ou jovem a oportunidade de melhorar sua concentração, ter limites, ganhar e perder, desenvolver o raciocínio lógico, melhorar leitura , escrita e compreensão de textos, além de adquirir maturidade emocional.
Visando que alcancem seus objetivos com muito mais facilidade.

Adultos geralmente percebem que suas dificuldades de concentração, assimilação, memorização e organização persistem.

O psicopedagogo pode ajudar em casos de dificuldades escolares como:

  • Dificuldades com leitura e escrita,
  • Dislexia,
  • Dificuldades de atenção,
  • Deficit de atenção ( DDA - TDAH),
  • Disgrafia,
  • Discalculia,
  • Disortografia,
  • Disfalia,
  • Dispraxia,
  • Problemas de memória / memorização,
  • Repetência escolar,
  • Crianças e jovens que não possuem hábitos adequados de estudo,
  • Fobia escolar,
  • Baixa auto-estima,
  • Problemas comportamentais em relação a escola,
  • Dificuldade com método pedagogico utilizado pela escola,
  • Dificuldades de aprendizagem relacionadas a problemas familiares.

Na dúvida sempre procure um profissional, invista em seu filho e em você!!! A aprendizagem é uma constante na vida do ser humano e pode sempre ser otimizada!!!

Lissandra Cianciaruso Rodrigues da Silva
Psicóloga e Psicopedagoga
CRP 60242-8
Telefone: 98040-7473 - 3805-6796

Avaliação Neuropsicopedagogica

Avaliação Neuropsicopedagogica





É efetuada através de bateria de testes psicológicos e psicopedagogicospadronizados e de uso restrito, com o objetivo de avaliar as funções cognitivas como: Atenção, Memória, Linguagem, funções executivas etc.

Pode ser aplicado em Crianças, jovens e adultos com queixa de dificuldades de aprendizagem. É utilizado para diagnóstico de TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade); DDA (Déficit de Atenção), Dislexia; Transtornos ou dificuldades de aprendizagem, dificuldades escolares, problemas de memorização, dificuldades coim rotina de estudos.

Após a avaliação é indicado, caso seja necessário, o tratamento/intervenção terapêutica.

Entre em contato e agende sua avaliação:

Lissandra Cianciaruso

Psicóloga/Psicopedagoga/Neuropsicopedagoga

Pós-Graduanda em Psicomotricidade

CRP 06/60242-8

(11)3805-6796 /98040-7473

psicologalissandra@gmail.com

Psicólogo - Por que e quando procurar?

Não Há regras para ir a um psicólogo, muitos podem ser os motivos:

- Sofrimento emocional;

- Ansiedade;

- Depressão - tristeza prolongada;

- Sentir-se triste e desmotivado;

- Problemas Comportamentais;

- Problemas Escolares;

- Dificuldade de organização/controle de tempo;

- Auto-conhecimento;

- Problemas de difícil solução;

- Dificuldade na tomada de decisão;

- Stress

- Problemas de relacionamento;

- Problemas familiares ou com amigos;

- Medos que causam limitação na rotina pessoal;

- Dificuldades no ambiente de trabalho;

- Dificuldades na escolha profissional ( orientação Vocacional )

Lissandra Cianciaruso Rodrigues da Silva
Psicóloga/Psicopedagoga/Orientadora Vocacional
CRP 06/60242-8

Telefones: 98040-7473 - 3805-6796

Terapia Cognitiva Comportamental (TCC)

Terapia Cognitiva Comportamental (TCC)


A terapia cognitivo-comportamental (T.C.C), é uma forma de psicoterapia no qual terapeuta e cliente trabalham em conjunto com o foco no reconhecimento de crenças disfuncionais e pensamentos negativos que prejudicam sua rotina diária e sua vida pessoal.

Ao trabalhar na avaliação de seus pensamentos e sentimentos, o foco é remodelar os comportamentos que causam sofrimento emocional, através de técnicas de reeducação, no intuito de ampliar o autoconhecimento do cliente e melhorar sua qualidade de vida.

A terapia cognitivo-comportamental (T.C.C) é indicada para crianças, adolescentes e adultos:

- Ansiedade

- Pânico (Transtornos de Ansiedade)

- Depressão

- Dificuldade em Habilidades Sociais.

- Fobias

- Dificuldades comportamentais em geral.

- TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo

- TDAH – Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade.

- Dificuldades escolares.

- Dificuldades de Aprendizagem.

- Timidez

E outras situações que causem dificuldades e sofrimento emocional.


Lissandra Cianciaruso Rodrigues da Silva
Psicóloga Cognitiva Comportamental/ Psicopedagoga(pós graduada)/ Pós - graduanda em Neuropsicopedagogia/ Orientadora Vocacional.
CRP 60242-8

Orientação Vocacional

Orientação Vocacional

O processo de Orientação Vocacional / Orientação profissional ocorre em torno de 10 sessões.

Através de testes, técnicas e atividades específicas busca detectar o perfil profissional e identificar aptidões e interesses.

É destinado principalmente a estudantes do 9º ano à Ensino Médio, porém pode ser efetuado em qualquer faixa etária.

Auxilia na escolha profissional tornando-a mais assertiva.


Lissandra Cianciaruso Rodrigues da Silva
Psicóloga/Psicopedagoga/Orientadora Vocacional
CRP 60242-8
Telefone: 98040-7473 - 3805-6796

Entrevistas

http://www.ciauniao.com.br/educacionais/view/35

http://www.aspirina.com.br/cuidando-voce/casa-familia/materias/rotina-pode-desenvolver-bons-habitos.php

http://www.cmconsultoria.com.br/namidia.php?ID=13

http://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/dicas-passar-vestibular-427263.shtml

http://www.jcnet.com.br/busca/busca_detalhe2010.php?codigo=175680

http://www.anuarioeducativo.iela.ufsc.br/noticia/33238/

http://msn.bolsademulher.com/familia/os-amigos-de-nossos-filhos-44847-2.html

http://www.conteudosaude.com.br/conteudoExtra.aspx?id=12367

http://www.vidaqui.com.br/index.php/archives/2546

http://www.danonebaby.com.br/curtindo-o-seu-bebe/nem-tudo-e-culpa-da-mae-tire-esse-peso-das-suas-costas/

http://www.dove.com.br/pt/Universo-Dove/Artigos-e-Dicas/COMO-DRIBLAR-AS-COBRANcAS-E-SER-FELIZ.aspx

Orientação de Pais

Orientação para pais com filhos com TDAH/DDA - Dislexia - Transtornos de Aprendizagem e dificuldades escolares.

Em grupo, casal ou individual.

Entre em contato para maiores Informações


Telefone: 98040-7473 - 3805-6796

Reflita!!!

Reflita!!!

* Para Refletir

"Não deixe que os seus medos tomem o lugar de seus sonhos" -- Walt Disney.

" Eu não me envergonho de corrigir meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender ” – Alexandre Herculano

“ A morte do homem começa no instante em que ele desiste de aprender” – Albino Teixeira

“ Educação nunca foi despesa. Sempre foi investimento com retorno garantido” – Arthur Lewis.

“ Investir em conhecimentos rende sempre melhores juros” – Benjamim Franklin

“ Pode se viver uma vida inteira e, no fim, saber mais dos outros do que de si mesmo” – Beryl Markham

" Se você quer acertos, esteja preparado para os erros" - Carl Yastrzemski

" Se você tem um sonho, pode realizá-lo" - Walt Disney

"Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende" – Leonardo da Vinci
"Não são nossas habilidades que mostram quem realmente somos. São nossas escolhas" - (Dumbledore em Harry Potter 2 - A Câmara Secreta)

"Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo". (Hermann Hesse)

"Toda profissão é grande quando é exercida com grandeza" ( J.Jofrey)

" Crescimento significa mudança, e toda mudança implica risco de passar do conhecido ao desconhecido" ( George Shinn )

" Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor...Lembre-se: Se escolher o mundo ficará sem o amor, mas se escolher o amor com ele conquistará o mundo." ( Albert Einstein)

"O importante não é aquilo que fazem de nós , mas sim o que nós próprios fazemos com aquilo que fizeram de nós" ( Jean-Paul Sartre)

Você se torna o que pensa,
Você se torna o que vê,
Você se torna o que escreve,
Você se torna o que ama.
( Rosette Poletti)


"Procure ser uma pessoa de valor em vez de procurar ser uma pessoa de sucesso.
O sucesso é consequência" (Albert Einstein)

"Ninguém sabe tudo,ninguém ignora tudo, todos sabemos alguma coisa, todos ignoramos alguma coisa, por isso aprendemos sempre" - Paulo Freire

" O auto-conhecimento tem um valor especial para o próprio indivíduo. Uma pessoa que "se tornou consciente de si mesma", por meio de perguntas que lhe foram feitas, está em melhor posição de prever e controlar seu próprio comportamento." ( Skinner,1974)

"Se uma criança não pode aprender da maneira que é ensinada, é melhor ensiná-la da maneira que ela aprende". - M.Welchamann

'' Tenha em mente que tudo que você aprende na escola é trabalho de muitas pessoas. Receba essa herança, honre-a, acrescente a ela e , um dia, fielmente,deposite-a nas mãos de seu filho." ( Albert Einstein )

" O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele" ( Immanuel Kant)

"Se um aluno está no "mundo da lua", o problema do professor será o de como trazer a "lua" ao mundo da criança, já que, se quiser expulsar a "lua", expulsará também o aprendente que há em seu aluno. Por outro lado, essas "luas" costumam estar habitadas pelas situações mais doloridas da vida das crianças." (Alicia Fern


"Cada criança é como todas as crianças, como algumas crianças, e como nenhuma outra criança". (Morris, 1984)ández)

Crianças são como borboletas...

Crianças são como borboletas...

Teste - Você tem problemas para estudar

http://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/testes/voce-esta-com-problemas-para-estudar.shtml

quinta-feira, 24 de julho de 2014




Apraxia – O que é ?


- É um distúrbio neurológico que afeta a produção motora dos sons da fala. A precisão e a consistência dos movimentos necessários para produzir os sons da fala estão alteradas, na ausência de déficits neuromusculares. É uma alteração funcional e que nem sempre é detectada em exames para o estudo do cérebro (como ressonância e tomografia).
Apraxia de fala não é apenas um atraso na fala, pelo contrário, é um distúrbio motor (neurológico-funcional) para produzir os sons da fala. É uma desordem neurocomportamental, no qual os parâmetros espaço-temporais dos movimentos da fala estão comprometidos. É um distúrbio instável, dinâmico e que pode persistir até a idade adulta (American Speech-Language-Hearing Association, 2007). Existem várias terminologias para este quadro, como: dispraxia verbal, dispraxia do desenvolvimento da fala, apraxia desenvolvimental, dispraxia articulatória, desintegração fonética.
São diferentes nomes para explicar o mesmo problema. No entanto, é importante salientar, que a Associação Americana de Fonoaudiólogos (ASHA), desde 2007, definiu e padronizou o termo Apraxia de Fala na Infância (CAS, Childhood Apraxia of Speech).

- Quais são os sinais?
• Bebês quietos. Os pais percebem que vocalizam/balbuciam pouco; 
•As pessoas geralmente comentam: “Nossa! Que bebê quietinho vocês tem”
•As primeiras palavras como “mamãe” e “papai” aparecem mais tarde (depois de 14 meses) 
•A criança com Apraxia, geralmente compreendem tudo o que falamos com ela, mas ela não consegue se expressar bem. Os pais notam uma discrepância entre a compreensão e a recepção; 
•Não consegue produzir adequadamente os sons da fala. Fala apenas as vogais ou falam apenas as primeiras sílabas ou ainda, consegue apenas falar os sons mais fáceis como o som o P, do M e os demais não consegue. 
•Apresenta dificuldade para imitar palavras e frases (fala apenas sílabas isoladas); 
•Apresenta mais facilidade para falar palavras mais curtas, como “oi”, “dá”….porém para palavras mais longas, di ou trissílabas, já não consegue manter a sequencia correta de sílabas. 
•Tem dificuldade para falar todas as vogais (às vezes, o som do “É” sai como “A” ou “E”, por exemplo, fala “pa” para pé). 
•Na alimentação, pode ser confusas e distraídas. Precisamos ajudá-la: “mastiga! Morde! Engole!Beba! Pode colocar a comida na boca e ficarem “perdidas” (a boca fica cheia e não sabem o que fazer com o alimento). 
•Pode ter dificuldade para mastigar algumas consistências (por exemplo, demora para mastigar um pedaço de carne); a mãe acaba dando tudo mais molinho, já amassado. Pode ter dificuldade para escovar os dentes. 
•Os movimentos orais, como colocar a língua para fora, lateralizar a língua dentro e fora da boca, encher as bochechas podem estão alterados. Os pais percebem que não há uma boa movimentação destas estruturas orais. O sopro é fraco (ela tem dificuldade para encher bexigas, para soprar língua de sogra, etc). 
•A prosódia ou melodia da fala é afetada. Pode ter uma fala “truncada”, pode ser monótona (dificuldade com a entonação). Parece falar sempre no mesmo “tom”. 
•Pode ter uma coordenação motora global não muito organizada: são crianças desajeitadas no correr, no pular. A coordenação motora fina também pode estar prejudicada (não consegue segurar o lápis adequadamente, dificuldade com jogos de encaixe, para atividades manuais que exigem coordenação motora fina). 
.Pode falar corretamente uma palavra em um contexto e depois “perder” esta palavra. Tenta falar de novo e sai de um jeito diferente; 
•Pode ter histórico familiar para atraso na fala. O pai, a mãe, o avô, a bisavô, um primo…enfim alguém da família, pode ter tido também dificuldade para falar.
- O que uma criança pode apresentar?
•Crianças com Apraxia pode ter dificuldades escolares. 
•Crianças com Apraxia também podem ter dificuldades emocionais: os pais percebem que a criança até tenta falar, mas não consegue e isso pode causar frustração, baixo auto-estima. Algumas crianças ficam agressivas e irritadas.
- Possíveis causas
1. Idiopáticas (não há uma causa definida): ocorre uma falha no sistema linguístico-motor que resulta na dificuldade para produzir/articular sons e para combinar as sílabas para formar as palavras.
2. Perspectiva Sensório-Motora: ocorre uma alteração na percepção (processamento sensorial) e processamento motor e isso afeta o planejamento e automatização da sequencia motora de cada palavra produzida.
3. Perspectiva do Processamento Auditivo: crianças com apraxia tem os exames auditivos normais. Mas existe uma perspectiva que acredita que elas ouvem normalmente (audição periférica normal), mas o processamento (percepção/discriminação/memória auditiva) do que elas ouvem não ocorrem de forma adequada e isso afeta o encadeamento dos sons.

(Fonte: Associação Americana de Fonoaudiologia)


Nenhum comentário:

Mapas/Dicas/Fácil acesso

Endereços:

Zona Sul - Vila Mariana -Próximo ao metrô Ana Rosa
Fácil acesso pelas: Rua Vergueiro, Avenida Paulista, Avenida 23 de Maio, Rua Domingos de Morais e Rua Sena Madureira


Zona Norte - Santana - Próximo metrô Santana - Fácil acesso pela Avenida Cruzeiro do Sul, Avenida Engenheiro Caetano Alvares, Avenida Nova Cantareira, Rua Dr Zuquim