Logo

Logo

*Espaço Psicopedagogico*

*Espaço Psicopedagogico*
Aprender a aprender!!!

O que é Psicopedagogia

O Psicopedagogo é o profissional que trabalha visando o processo de aprendizagem e suas possíveis dificuldades. Trabalha na prevenção e na intervenção das dificuldades de aprendizagem.

Pode trabalhar no ambito escolar ou em clinica.

O trabalho é feito individualmente. As sessões são geralmente semanais com aproximadamente 50 minutos de duração.

Nos contate 98040-7473 - 3805-6796

Quando procurar um psicopedagogo

Sempre que um indivíduo apresentar dificuldades de aprendizagem em qualquer faixa etária deve procurar o auxílio de um psicopedagogo.

Existe um mito de que só crianças vêm ao psicopedagogo, mas isso é um mito infundado o psicopedagogo pode ajudar o individuo que apresenta dificuldades de aprendizagem em qualquer fase da sua vida.

Vários podem ser os motivos das dificuldades de aprendizagem, podem ser orgânicos, cognitivos ou até mesmo emocionais.

Após o diagnostico que demora algumas sessões, o profissional fará um plano de tratamento para que possa fazer a intervenção da forma mais apropriada.

Geralmente os pais chegam ao psicopedagogo por recomendação da escola e dos professores. Porém caso você perceba algo de diferente na aprendizagem de seu filho procure ajuda especializada.

O tratamento psicopedagogico oferece à criança ou jovem a oportunidade de melhorar sua concentração, ter limites, ganhar e perder, desenvolver o raciocínio lógico, melhorar leitura , escrita e compreensão de textos, além de adquirir maturidade emocional.
Visando que alcancem seus objetivos com muito mais facilidade.

Adultos geralmente percebem que suas dificuldades de concentração, assimilação, memorização e organização persistem.

O psicopedagogo pode ajudar em casos de dificuldades escolares como:

  • Dificuldades com leitura e escrita,
  • Dislexia,
  • Dificuldades de atenção,
  • Deficit de atenção ( DDA - TDAH),
  • Disgrafia,
  • Discalculia,
  • Disortografia,
  • Disfalia,
  • Dispraxia,
  • Problemas de memória / memorização,
  • Repetência escolar,
  • Crianças e jovens que não possuem hábitos adequados de estudo,
  • Fobia escolar,
  • Baixa auto-estima,
  • Problemas comportamentais em relação a escola,
  • Dificuldade com método pedagogico utilizado pela escola,
  • Dificuldades de aprendizagem relacionadas a problemas familiares.

Na dúvida sempre procure um profissional, invista em seu filho e em você!!! A aprendizagem é uma constante na vida do ser humano e pode sempre ser otimizada!!!

Lissandra Cianciaruso Rodrigues da Silva
Psicóloga e Psicopedagoga
CRP 60242-8
Telefone: 98040-7473 - 3805-6796

Avaliação Neuropsicopedagogica

Avaliação Neuropsicopedagogica





É efetuada através de bateria de testes psicológicos e psicopedagogicospadronizados e de uso restrito, com o objetivo de avaliar as funções cognitivas como: Atenção, Memória, Linguagem, funções executivas etc.

Pode ser aplicado em Crianças, jovens e adultos com queixa de dificuldades de aprendizagem. É utilizado para diagnóstico de TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade); DDA (Déficit de Atenção), Dislexia; Transtornos ou dificuldades de aprendizagem, dificuldades escolares, problemas de memorização, dificuldades coim rotina de estudos.

Após a avaliação é indicado, caso seja necessário, o tratamento/intervenção terapêutica.

Entre em contato e agende sua avaliação:

Lissandra Cianciaruso

Psicóloga/Psicopedagoga/Neuropsicopedagoga

Pós-Graduanda em Psicomotricidade

CRP 06/60242-8

(11)3805-6796 /98040-7473

psicologalissandra@gmail.com

Psicólogo - Por que e quando procurar?

Não Há regras para ir a um psicólogo, muitos podem ser os motivos:

- Sofrimento emocional;

- Ansiedade;

- Depressão - tristeza prolongada;

- Sentir-se triste e desmotivado;

- Problemas Comportamentais;

- Problemas Escolares;

- Dificuldade de organização/controle de tempo;

- Auto-conhecimento;

- Problemas de difícil solução;

- Dificuldade na tomada de decisão;

- Stress

- Problemas de relacionamento;

- Problemas familiares ou com amigos;

- Medos que causam limitação na rotina pessoal;

- Dificuldades no ambiente de trabalho;

- Dificuldades na escolha profissional ( orientação Vocacional )

Lissandra Cianciaruso Rodrigues da Silva
Psicóloga/Psicopedagoga/Orientadora Vocacional
CRP 06/60242-8

Telefones: 98040-7473 - 3805-6796

Terapia Cognitiva Comportamental (TCC)

Terapia Cognitiva Comportamental (TCC)


A terapia cognitivo-comportamental (T.C.C), é uma forma de psicoterapia no qual terapeuta e cliente trabalham em conjunto com o foco no reconhecimento de crenças disfuncionais e pensamentos negativos que prejudicam sua rotina diária e sua vida pessoal.

Ao trabalhar na avaliação de seus pensamentos e sentimentos, o foco é remodelar os comportamentos que causam sofrimento emocional, através de técnicas de reeducação, no intuito de ampliar o autoconhecimento do cliente e melhorar sua qualidade de vida.

A terapia cognitivo-comportamental (T.C.C) é indicada para crianças, adolescentes e adultos:

- Ansiedade

- Pânico (Transtornos de Ansiedade)

- Depressão

- Dificuldade em Habilidades Sociais.

- Fobias

- Dificuldades comportamentais em geral.

- TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo

- TDAH – Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade.

- Dificuldades escolares.

- Dificuldades de Aprendizagem.

- Timidez

E outras situações que causem dificuldades e sofrimento emocional.


Lissandra Cianciaruso Rodrigues da Silva
Psicóloga Cognitiva Comportamental/ Psicopedagoga(pós graduada)/ Pós - graduanda em Neuropsicopedagogia/ Orientadora Vocacional.
CRP 60242-8

Orientação Vocacional

Orientação Vocacional

O processo de Orientação Vocacional / Orientação profissional ocorre em torno de 10 sessões.

Através de testes, técnicas e atividades específicas busca detectar o perfil profissional e identificar aptidões e interesses.

É destinado principalmente a estudantes do 9º ano à Ensino Médio, porém pode ser efetuado em qualquer faixa etária.

Auxilia na escolha profissional tornando-a mais assertiva.


Lissandra Cianciaruso Rodrigues da Silva
Psicóloga/Psicopedagoga/Orientadora Vocacional
CRP 60242-8
Telefone: 98040-7473 - 3805-6796

Entrevistas

http://www.ciauniao.com.br/educacionais/view/35

http://www.aspirina.com.br/cuidando-voce/casa-familia/materias/rotina-pode-desenvolver-bons-habitos.php

http://www.cmconsultoria.com.br/namidia.php?ID=13

http://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/dicas-passar-vestibular-427263.shtml

http://www.jcnet.com.br/busca/busca_detalhe2010.php?codigo=175680

http://www.anuarioeducativo.iela.ufsc.br/noticia/33238/

http://msn.bolsademulher.com/familia/os-amigos-de-nossos-filhos-44847-2.html

http://www.conteudosaude.com.br/conteudoExtra.aspx?id=12367

http://www.vidaqui.com.br/index.php/archives/2546

http://www.danonebaby.com.br/curtindo-o-seu-bebe/nem-tudo-e-culpa-da-mae-tire-esse-peso-das-suas-costas/

http://www.dove.com.br/pt/Universo-Dove/Artigos-e-Dicas/COMO-DRIBLAR-AS-COBRANcAS-E-SER-FELIZ.aspx

Orientação de Pais

Orientação para pais com filhos com TDAH/DDA - Dislexia - Transtornos de Aprendizagem e dificuldades escolares.

Em grupo, casal ou individual.

Entre em contato para maiores Informações


Telefone: 98040-7473 - 3805-6796

Reflita!!!

Reflita!!!

* Para Refletir

"Não deixe que os seus medos tomem o lugar de seus sonhos" -- Walt Disney.

" Eu não me envergonho de corrigir meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender ” – Alexandre Herculano

“ A morte do homem começa no instante em que ele desiste de aprender” – Albino Teixeira

“ Educação nunca foi despesa. Sempre foi investimento com retorno garantido” – Arthur Lewis.

“ Investir em conhecimentos rende sempre melhores juros” – Benjamim Franklin

“ Pode se viver uma vida inteira e, no fim, saber mais dos outros do que de si mesmo” – Beryl Markham

" Se você quer acertos, esteja preparado para os erros" - Carl Yastrzemski

" Se você tem um sonho, pode realizá-lo" - Walt Disney

"Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende" – Leonardo da Vinci
"Não são nossas habilidades que mostram quem realmente somos. São nossas escolhas" - (Dumbledore em Harry Potter 2 - A Câmara Secreta)

"Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo". (Hermann Hesse)

"Toda profissão é grande quando é exercida com grandeza" ( J.Jofrey)

" Crescimento significa mudança, e toda mudança implica risco de passar do conhecido ao desconhecido" ( George Shinn )

" Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor...Lembre-se: Se escolher o mundo ficará sem o amor, mas se escolher o amor com ele conquistará o mundo." ( Albert Einstein)

"O importante não é aquilo que fazem de nós , mas sim o que nós próprios fazemos com aquilo que fizeram de nós" ( Jean-Paul Sartre)

Você se torna o que pensa,
Você se torna o que vê,
Você se torna o que escreve,
Você se torna o que ama.
( Rosette Poletti)


"Procure ser uma pessoa de valor em vez de procurar ser uma pessoa de sucesso.
O sucesso é consequência" (Albert Einstein)

"Ninguém sabe tudo,ninguém ignora tudo, todos sabemos alguma coisa, todos ignoramos alguma coisa, por isso aprendemos sempre" - Paulo Freire

" O auto-conhecimento tem um valor especial para o próprio indivíduo. Uma pessoa que "se tornou consciente de si mesma", por meio de perguntas que lhe foram feitas, está em melhor posição de prever e controlar seu próprio comportamento." ( Skinner,1974)

"Se uma criança não pode aprender da maneira que é ensinada, é melhor ensiná-la da maneira que ela aprende". - M.Welchamann

'' Tenha em mente que tudo que você aprende na escola é trabalho de muitas pessoas. Receba essa herança, honre-a, acrescente a ela e , um dia, fielmente,deposite-a nas mãos de seu filho." ( Albert Einstein )

" O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele" ( Immanuel Kant)

"Se um aluno está no "mundo da lua", o problema do professor será o de como trazer a "lua" ao mundo da criança, já que, se quiser expulsar a "lua", expulsará também o aprendente que há em seu aluno. Por outro lado, essas "luas" costumam estar habitadas pelas situações mais doloridas da vida das crianças." (Alicia Fern


"Cada criança é como todas as crianças, como algumas crianças, e como nenhuma outra criança". (Morris, 1984)ández)

Crianças são como borboletas...

Crianças são como borboletas...

Teste - Você tem problemas para estudar

http://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/testes/voce-esta-com-problemas-para-estudar.shtml

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

terça-feira, 19 de novembro de 2013

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

MOTIVAÇÃO PARA OS PEQUENOS: POR QUE É IMPORTANTE DAR A SEU FILHO RAZÕES PARA ESTUDAR Mais do que levar as crianças para a escola, acompanhar o desempenho nas provas e cobrar tarefas, é fundamental fazer com que elas entendam o porquê de estudar e como o que elas aprendem na sala de aula pode ser aplicado fora dela. Saber disso pode ser a motivação que seu filho precisa para se dedicar mais aos estudos. Esse conselho pode e deve ser seguido tanto por pais como por professores. Mas, por onde começar? Como despertar a curiosidade e as habilidades do seu filho? Conversamos com alguns psicólogos e psicopedagogos que vão ajudar nessa tarefa. Conhecimento para a vida! “As crianças são naturalmente curiosas e gostam de aprender”, ressalta a psicóloga clínica de crianças e adolescentes, Lissandra Cianciaruso. Basta observar qualquer criança, sempre com uma pergunta para fazer sobre qualquer assunto. Por isso, o papel dos pais é incentivar e estimular essa curiosidade. Estudar não é um fim que acaba em si mesmo, ou seja, não deve ser um conhecimento estático. Mostrar ao seu filho como usar o que ele aprendeu e como essa habilidade ou consciência adquirida vai facilitar a vida dele é muito importante. Por exemplo, se ele está aprendendo a ler, peça que pratique com tudo à sua volta: em placas, nomes de estabelecimentos e, em restaurantes, peça que leia o cardápio para que ele mesmo decida o que vai comer. Ao andar de carro, mostre os nomes das ruas e pergunte em qual bairro vocês estão para que ele crie as primeiras noções de localização e geografia. Outra atitude que pode fazer a diferença é ajudar a criança a encontrar motivos pessoais para aprender algo novo. Se ela gosta de um videogame em inglês, explique que aulas do idioma irão ajudá-la a avançar no jogo, a entender melhor a brincadeira. Tudo isso e o que mais você puder aplicar durante a rotina é válido para integrar os conhecimentos que seu filho for adquirindo. Lissandra ainda complementa: “Os pais devem motivar os pequenos a ler livros e revistas, a comparar o que aprendem com o mundo externo, responder aos questionamentos e demonstrar interesse pelo momento de aprendizagem das crianças.” Desde bem novinhas, as crianças já demonstram gostos e preferências específicas. Estar atento a esses interesses é uma ótima maneira de descobrir do que seu filho gosta e estimular que ele desenvolva mais conhecimento nessa área. Se o pequeno gosta de animais, por exemplo, presenteá-lo com livros e materiais que explorem o assunto é uma maneira de estimular o aprendizado e começar a formação de, quem sabe, um biólogo ou um veterinário. Ainda nesse contexto, uma visita ao zoológico pode ser o que faltava para seu filho associar o aprendizado à diversão, uma noção que ficará marcada para o resto da vida. A escola, os pais e o aluno: cada um faz sua parte Incentivar a curiosidade é um passo muito importante, mas precisa vir acompanhado um hábito indispensável: estudar. A prática exige disciplina e também precisa ser ensinada. Lissandra chama a atenção para a importância de estabelecer um horário fixo de estudo, para que a atividade torne-se parte de uma rotina. “Os pais devem acompanhar diariamente o conteúdo que foi apreendido na escola, checar o que foi feito, auxiliar nas lições e demonstrar interesse pelo conteúdo delas”, explica. Nessas horas, também é importante não cometer pequenos deslizes, como se acomodar com facilidades que a Internet proporciona. “O correto é usar a pesquisa na web como um complemento e não recorrer à ferramenta permitindo que o aluno cole, copie, formate o trabalho e entregue para o professor sem refletir ou formar opinião sobre o assunto em questão”, complementa a psicopedagoga clínica Kelly Dalmas. Outro ponto imprescindível é entender o papel de cada um nesse processo. Educar é uma responsabilidade que os pais dividem com a escola, por isso não adianta sobrecarregar os filhos de atividades, fato um tanto quanto comum nos dias de hoje. “O excesso de atividades extracurriculares, como inglês, futebol, judô, aula de música, entre outras, gera um stress e pode trazer dificuldades ou transtornos de aprendizagem”, explica Kelly. Com essas dicas de especialistas, você já pode começar a refletir e colocar em prática hábitos para motivar seu filho no dia a dia. Vale lembrar que esse período de aprendizagem é um processo para o qual os pais e a escola devem dedicar total e constante atenção, e que, assim como várias outras fases de criação de uma criança, pode e deve ser divertido e enriquecedor para todas as partes.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Mapas/Dicas/Fácil acesso

Endereços:

Zona Sul - Vila Mariana -Próximo ao metrô Ana Rosa
Fácil acesso pelas: Rua Vergueiro, Avenida Paulista, Avenida 23 de Maio, Rua Domingos de Morais e Rua Sena Madureira


Zona Norte - Santana - Próximo metrô Santana - Fácil acesso pela Avenida Cruzeiro do Sul, Avenida Engenheiro Caetano Alvares, Avenida Nova Cantareira, Rua Dr Zuquim